sábado, 28 de março de 2009

Atrizes do Cinema: Susan Sarandon


Uma estrela de Hollywood que atingiu o máximo de sucesso como mulher e como atriz. Atualmente está com seus 63 anos, e continua belíssima e ótima atriz, como sempre foi. Essa é Susan Sarandon, uma atriz que sempre admirei e que adoro suas interpretações majestosas e comoventes.
É uma atriz estadunidense, nascida em Nova York, dia 4 de outubro de 1946. Seu nome de batismo é Susan Abigail Tomalin, que tem descendência de irlandeses, ingleses, galeses, e italianos.
Começou sua carreira tarde e só foi ganhando reconhecimento conforme envelhecia. Cursou a Catholic University of America Drama School. E lá, conheceu e casou-se com o ator Chris Sarandon, de quem herdou o sobrenome.
No cinema começou com participações pequenas em filme sem muita repercussão. Mas foi em um desses filmes, que Susan começou a conquistar fãs.
Em 1975, fez “The Horror Picture Show”, um dos filmes de terror mais cultuados do cinema.
Em “Pretty Baby – Menina Bonita”, fez a mãe de Brooke Shields, e nas filmagens conheceu o diretor Louis Malle, com quem teve um romance, e que depois vieram a fazer juntos um outro filme de sucesso “Atlantic City”. O filme rendeu a Susan sua primeira indicação ao Oscar.
Em 1982 atuou brilhantemente no filme “A Tempestade”, ao lado de John Cassavettes, Gena Rowlands e Raul Júlia, e acabou vencendo o prêmio Pasinetti de melhor atriz no Festival de Veneza. Posteriormente trabalhou com Catherine Deneuve, em “Fome de Viver”. Em 1987, fez “As Bruxas de Eastwick”, ao lado de Jack Nicholson, Cher e Michelle Pfeiffer. Depois esteve em “Sorte no Amor”, filme que a colocou de volta no centro das atenções, e ainda conheceu o ator Tim Robbins, com quem é casada desde 88.
Na década de 90, Susan definitivamente tornou-se uma estrela, recebendo quatro indicações ao Oscar, em 1991 por “Thelma & Louise”, de Ridley Scott. Um dos meus filmes preferidos e que foi uma das maiores bilheterias do ano. Em 1992, por “O Óleo de Lorenzo”, em 1994 por “O Cliente”, em 1995 conquistou o Oscar de melhor atriz por “Os Últimos Passos de Um Homem”, ótimo filme dirigido pelo seu maridão Tim Robbins.
Outros filmes da atriz foram: “Adoráveis Mulheres”, “Fugindo do Passado”, “Lado a Lado”(belíssimo filme), “Em Qualquer Outro Lugar”, “Vida que Segue”, “A Estranha Família de Igby”, “Doidas Demais”, “Dança Comigo?”, “Alfie – O Sedutor”, “Anjo de Vidro”, “Tudo Acontece em Elizabethtown”, “Identidade Roubada”, “Encantada”, e os recentes “No Vale das Sombras”, e “Speed Racer”.
Susan é uma das embaixadoras da Boa Vontade da UNICEF, e luta contra causas humanitárias às quais se dedica, e em 2003, apareceu no comercial “Love is Love is Love”, promovendo a aceitação de indivíduos gays, lésbicas e transgêneros.
Amo essa atriz, e jamais será esquecida pelo público. Foi ainda eleita pela Revista Empire, a 35ª maior estrela da história do cinema, e uma das 50 mais bonitas do mundo pela People.
Susan é perfeita e fantástica. Merece aplausos. E não poderia deixar de falar sobre essa grande atriz em meu blog.

P.S.: Sempre estarei comentando sobre atrizes, atores e diretores do cinema. Não percam!

sexta-feira, 27 de março de 2009

Meu clipe de fotos...

video

Não percam, o meu novo clipe - vol.4. Para quem já assistiu os anteriores, agora coloco mais um, com fotos mais novas, e músicas que temperam ainda mais o vídeo.

O Preço da Fama

Gisele Bündchen, uma estrela de talento que ainda repercute na mídia

Ser reconhecido pelo público e pela mídia é maravilhoso, mas quando os famosos deixam o sucesso falar mais alto, muitos não continuam no estrelato. Podemos fazer uma retrospectiva e notar quais artistas que já atuaram em novelas, participaram de programas ou cantaram em bandas, que, da noite para o dia, se tornaram meros desaparecidos.
Você sabe por que isto acontece? Talvez seja devido às conseqüências que a fama pode trazer, como a inveja, a arrogância com os fãs que colocaram o ídolo no apogeu, a ambição, a ilusão e o despreparo para lidar com o estrelato.
Temos que aplaudir aqueles que se mantêm na mídia até hoje, já por um longo tempo. Pois estes souberam encarar a realidade dos fatos e reconheceram sua marca na "calçada da fama".
Muitas vezes, assistimos a fãs que esperam horas e horas seu ídolo sair de um hotel ou do camarim para conseguir um autógrafo e acabam maltratados pela celebridade.
E para aqueles que desejam ir para o estrelato, uma dica é obter estrutura para seguir os planos de sua carreira. E não se iludir. Deve mostrar o seu talento e o seu trabalho para ser reconhecido, sem querer só aparecer na mídia.
Hoje em dia, os anônimos que almejam isto fazem de tudo para que sua imagem estampe capas de revistas e jornais ou seja exibida na tela da TV. Mas, para estas pessoas, com certeza, a fama não durará muito tempo e se tornará uma frustração. Logo eles cairão no esquecimento.
Um exemplo é o reality show Big Brother Brasil, cujo programa apresenta participantes em uma casa para um jogo que dura quase três meses. E como é líder de audiência na Globo, estes integrantes, quando saem de lá, vão se deparar com o reconhecimento de milhares de pessoas. As mulheres, principalmente, já entram na casa com o propósito de depois serem convidadas para posarem nuas em uma revista.
Por conseqüência do destino, estas e outras podem continuar na mídia. Mas, quais delas ainda são lembradas até hoje? Se tiver talento e der audiência, será ótimo para abrilhantar mais e mais a carreira.
A fama é boa para satisfazer muitas coisas, mas pode ser vilã e corrosiva na vida de um artista.
Isto é o preço pago por uma estrela!

by Mário Zaparoli

quarta-feira, 25 de março de 2009

Fantasia sexual, uma realidade que esquenta a vida amorosa


Se você pensa que fantasia sexual é um mito, está enganado, pois é pura realidade. Todo desejo, quer seja sexual ou não, é uma forma de completar e realizar algo que esteja faltando na vida de alguém.
Todas as pessoas têm fantasias sexuais e elas podem aparecer inesperadamente no cotidiano. Os casais sexualmente bem resolvidos inventam novidades para dar um tempero na sua relação.
A psicóloga e terapêuta sexual, Carla Cecarello Fraia, revela que uma pessoa tem vontade de se realizar sexualmente. “O que acontece é que nem todos aceitam ou assumem isso. Sempre fantasiamos o tempo todo”.
Algumas pessoas escondem suas fantasias por vergonha, por receio de serem chamadas de perversas. “A palavra fantasia sexual tem uma conotação de vulgar, promíscuo para muitas pessoas, em especial às mulheres, devido aos fatores educacionais, culturais e sociais”, diz Carla.
Os sex shops são os locais mais visitados para quem procura fantasias e quer se realizar sexualmente.
Henri Bittencourt, responsável pelo sex shop Sex Mania, conta que as fantasias, os cremes anestésicos, anal e para ejaculação precoce, os vibradores e os pênis de plástico são alguns dos artigos eróticos encontrados em sua loja, e que são bem procurados. “As mulheres têm a preferência pela roupa de enfermeira e pelos cremes anestésicos. Já os homens procuram mais os vídeos pornôs”.
Para as mulheres, a dica é a fantasia de colegial, e para os homens, a de zorro. “Gels, calcinhas e cuecas comestíveis também são recomendáveis para os casais. Geralmente, os namorados são os que vêm com mais freqüência em sua loja”, declara Bittencourt.
Segundo psicólogos, as fantasias sexuais são qualquer tipo de desejo incomum na área da sexualidade, como múltiplos parceiros sexuais, encontros sexuais forçados e outros. Elas são como sonhos. Surgem no mundo à sua volta e funcionam como uma maneira de curtir todos os tipos de fantasias que nunca foram experimentadas na vida real.
Tudo o que você vê, toca, ouve ou sente é absorvido pelo seu cérebro e pode gerar alguma relação de desejo.
Não há como classificar se isto é certo ou errado. Em alguns casos, pode-se dizer até que é amor. Contudo, a pessoa passa a ser obcecada por sexo de maneiras incomuns, com parceiros distintos e em ambientes estranhos. Pode ser um caso para ser analisado com mais calma.
O problema da fantasia sexual é que ela reflete o sexo sem nenhuma responsabilidade e sem conseqüências negativas.
Os especialistas afirmam ainda que a busca do ser humano pelo prazer e pela satisfação deve ser algo saudável e não uma obsessão. Não deve levar à promiscuidade e à infidelidade em um relacionamento.

by Mário Zaparoli

Rita Lee forever - "Baila Comigo"


Se Deus quiser,um dia eu quero ser índio
Viver pelado,pintado de verde num eterno domingo
Ser um bicho preguiça e espantar turista
E tomar banho de sol, banho de sol, banho de sol, sol
Se Deus quiser um dia acabo voando
Tão banal, assim como um pardal, meio de contrabando
Desviar de estilingue, deixar que me xinguem
E tomar banho de sol, banho de sol, banho de sol, banho de sol
Baila comigo, como se baila na tribo
Baila comigo,lá no meu esconderijo
Se Deus quiser um dia eu viro semente
E quando a chuva molhar o jardim, ah, eu fico contente
E na primavera vou brotar na terra
E tomar banho de sol, banho de sol, banho de sol, sol
Se Deus quiser um dia eu morro bem velha
Na hora "H" quando a bomba estourar quero ver da janela
E entrar no pacote de camarote

terça-feira, 24 de março de 2009

O Amor é uma força da natureza em "O Segredo de Brokeback Mountain"

Vencedor de quatro Globos de Ouro e indicado a oito categorias do Oscar. O Segredo de Brokeback Mountain foi considerado um dos filmes mais badalados em 2005
O longa é um romance que conta a história de dois cowboys americanos, que se apaixonam perdidamente no início dos anos 60, em uma época hipócrita e preconceituosa por parte da sociedade.
Com um elenco perfeito integrado por Heath Ledger(Ennis Del Mar) e Jake Gyllenhaal(Jack Twist), e dirigido pelo roteirista Ang Lee, é sem dúvida um filme surpreendente e marcante.
A sutileza como é abordada a sexualidade dos rapazes, deixa o espectador emocionado e curioso de ver o sentimento arrebatador que existe entre os personagens.
A sensação de desejo entre os dois não é vulgar, e prende o espectador do começo ao fim, independente de opção sexual. A história evidencia o amor e a carência, sem qualquer imagem explícita.
O relacionamento começa na montanha Brockeback, onde os jovens passam meses durante o inverno, após serem contratados para cuidar de ovelhas. Mas, depois de saírem do acampamento, anos se passam, e o sentimento de ambos se fortalece. Eles seguem suas vidas, casam-se com moças e têm filhos.
Apesar do amor escondido, passam por uma fase em que os dois têm que escolher o que querem para suas vidas, e desafiarem o preconceito que ronda a sociedade.
Angústia, desejos, juras de amor e tensão sexual são os elementos que fazem o espectador arrancar suspiros ao ver este filme sensacional.

by Mário Zaparoli

Ir ao shopping sem comprar é impossível

Que shopping center é um centro de compras todo mundo sabe. Mas é impossível alguém ir a um shopping sem consumir, isto se torna praticamente um hábito. E sabe qual é o fator mais importante por esse desejo de consumo? A propaganda nos meios de comunicação.

Segundo a psicóloga Albina Zaparoli, no Brasil, o discurso publicitário das lojas e produtos exerce grande pressão para o consumidor. “A necessidade de adquirir mercadorias e serviços é atualmente produzida com grande força, através da relação existente entre as mídias e a sociedade”.

A publicidade associa o consumo e a felicidade e idealiza que se você comprar determinados produtos as pessoas serão mais felizes. “Se o consumo é assim compreendido, deve gerar nos consumidores sensações de felicidade. Mas, se isto ocorre, pode-se dizer e observar no cotidiano, que os sentimentos de frustração por não ter (decepção), ou ter em demasia (tédio), de inveja e ressentimento dos que têm (rancor), dentre outros, caminham no mesmo sentido”, diz Albina.

O hábito de consumir é derivado pelo incentivo de adquirir os produtos da moda, e deixar assim o consumidor todo feliz.

Mas há aqueles compradores compulsivos que têm o comportamento de comprar. “Este indivíduo acaba por consumir coisas pelo fato de consumir e não mais pela necessidade do objeto que é consumido. Ir ao shopping sem realizar algumas compras parece ser quase impossível. Os hábitos de consumo são mais emocionais que racionais”, analisa a psicóloga.

Albina explica que comprar por impulso, mas não por compulsão, é adquirir um bem por sentir uma atração instantânea pelo produto, seja por causa da embalagem, do preço e do apelo publicitário. “Acredito que o shopping cumpre o seu papel literalmente já que a tradução de shopping center é centro de compras. Se pensarmos também no elevado índice de criminalidade e violência nas cidades e na agitação da vida moderna, o shopping continuará destacando-se tanto pelas inúmeras opções em um único lugar (ex.: lazer, alimentação, moda, ponto de encontro, etc.), quanto pela comodidade, conforto e segurança”.

by Mário Zaparoli

segunda-feira, 23 de março de 2009

"Como Nossos Pais" - Elis Regina

Não quero lhe falar meu grande amor das coisas que aprendi nos discos.Quero lhe contar como eu vivi e tudo que aconteceu comigo. Viver é melhor que sonhar, eu sei que o amor é uma coisa boa. Mas também sei que qualquer canto é menor do que a vida de qualquer pessoa. Por isso cuidado meu bem, há perigo na esquina. Eles venceram e o sinal está fechado prá nós que somos jovens.
Para abraçar seu irmão e beijar sua menina na rua. É que se fez o seu braço, o seu lábio e a sua voz. Você me pergunta pela minha paixão. Digo que estou encantada com uma nova invenção Eu vou ficar nesta cidade, não vou voltar pro sertão. Pois vejo vir vindo no vento o cheiro da nova estação. Eu sei de tudo na ferida viva do meu coração. Já faz tempo eu vi você na rua, cabelo ao vento, gente jovem reunida. Na parede da memória essa lembrança é o quadro que dói mais. Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo que fizemos. Ainda somos os mesmos e vivemos... Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais. Nossos ídolos ainda são os mesmos e as aparências não enganam não. Você diz que depois deles não apareceu mais ninguém. Você pode até dizer que 'eu tô por fora, ou então que eu tô inventando' Mas é você que ama o passado e que não vê. É você que ama o passado e que não vê. Que o novo sempre vem Hoje eu sei que quem me deu a idéia de uma nova consciência e juventude. Tá em casa guardado por Deus contando vil metal. Minha dor é perceber que apesar de termos feito tudo, tudo, tudo que fizemos. Nós ainda somos os mesmos e vivemos... Ainda somos os mesmos e vivemos... Ainda somos os mesmos e vivemos como nossos pais!

Séries que adoro: Lipstick Jungle

Está no ar a 2ª temporada da série Lipstick Jungle. A estréia foi no dia 5 de março na Fox. Sempre com episódios inéditos todas as quintas. E vou contar para vocês um pouquinho dessa série que acompanho desde os primeiros episódios da 1ª temporada, que para alguns foi uma decepção, e até disseram que poderia sair do ar. Mas não acreditei, porque achei que tem um roteiro gostoso de se ver, e não poderia acabar assim de tal maneira. Então, foi bem aplaudida principalmente nos EUA, e agora já com a nova temporada.
A série é muito parecida com a extinta série "Sex and The City", que foi estrelada por Sarah Jessica Parker, Kim Cattrall, Cynthia Nixon e Kristin Davis. E é adaptada do livro de Candance Rushmell, que ainda pretendo comprar.
No elenco de Lipstick Jungle estão Brooke Shields, Kim Raver, Lindsay Price, Andrew McCarthy, Paul Blackthorne e Robert Buckley.
Brooke é Wendy Healy, executiva de uma produtora cinematográfica, a "Parador", que tenta equilibrar a vida profissional e familiar. Amiga de Nico e Victory, casada e com 2 filhos.
Kim é Nico Reilly, editora-chefe de uma revista de Moda, a "Bonfire". Amiga de Wendy e Victory. É casada com um homem mais velho que conheceu quando era sua aluna na faculdade, e vê que seu casamento entra em uma crise. E então conhece um bonitão rapaz chamado Kirby(Robert Buckley), e vive uma nova paixão extra-conjugal, mesmo não deixando de lado o seu marido.
E Lindsay é Victory Ford, design de moda que busca realizar seus sonhos profissionais e pessoais. Amiga de Wendy e Nico. E se apaixona por um bilionário chamado Joe Bennett(Andrew McCarthy).
Elas são três amigas inseparáveis para todas as horas, que dividem suas emoções, confidências e rotinas do dia-a-dia.
A primeira temporada teve 7 episódios, e contou com a presença de artistas convidados como: Lorraine Bracco, Marsha Mason, Bobby Cannavalle, Portia de Rossi e Julian Sands.
E essa 2ª temporada já começou esquentando, e creio eu que tenha tudo para conquistar a audiência, e animar ainda mais o público.


domingo, 22 de março de 2009

O Prazer do Medo

Filme de terror, O Exorcista, sucesso de bilheterias

Medo...o que falar dele?...Será que vicia?...É saudável?...Tenho minhas dúvidas. Afinal, por que será que o terror também pode dar prazer?...Por mais estranho que pareça, a explicação disso é a satisfação em superar seus limites.

Por mais que o medo nos cause nervosismo, inquietação, mal-estar e sensações desagradáveis, as pessoas correm atrás desse desafio. Seja assistindo a filmes de terror, andando em montanhas-russas, entrando em corridas de carro ou praticando esportes radicais. São nessas situações que encontramos o prazer de ter medo.

Especialistas dizem que quando o nosso cérebro reconhece uma situação de perigo, o sistema nervoso simpático é ativado e libera a adrenalina, que prepara o nosso corpo para reagir. A sensação de tensão passa, e as substâncias chamadas opóides, quando são liberadas, trazem bem-estar, relaxamento e calma.

Quando você vai ao cinema e escolhe logo um filme de terror, mesmo pensando que o “monstro” ou “serial killer”(assassino em série), que você vê na telona não é real, o conteúdo que se passa é de arregalar os olhos. Você fica conectado o tempo todo com o que rola nas cenas, sentindo nervoso e roendo unhas, esperando um terror sanguinário, assustador e cheio de surpresas.

Um outro exemplo muito comum é dado em parques de diversões, onde os brinquedos que fazem mais sucesso costumam ser os mais aterrorizantes. Quando você vai ao parque, não podemos deixar de ter calafrios e adrenalina na montanha-russa. Mesmo que a pessoa passe por situações de risco e sensações de enjôo e mal-estar, ao final você sente que a diversão valeu a pena.

Ai,ai,ai...e já pensou você saltando de um bungee jump ou escalando montanhas? Ai, não quero nem pensar nisso...Aventurar-se em um esporte radical mostra onde estão suas limitações, tanto físicas quanto psicológicas, desafiando o perigo e vencendo o medo de altura.

Mas até que ponto um terrorzinho aqui e outro ali não faz mal a ninguém?

O medo também é uma forma de o ser humano se proteger contra os perigos que os rodeia. Ultrapassar os próprios limites é mais que uma vontade, é uma necessidade que você tem de passar.

by Mário Zaparoli

Radiohead no Brasil


A banda internacional Radiohead com mais de 15 anos de carreira, já está no Brasil, e fez seu primeiro show no Rio de Janeiro, no último dia 20, e lotou a Praça da Apoteose. Depois de se apresentar para 24 mil pessoas na capital carioca, os fãs da banda também poderão curtir seu show em SP, que acontece hoje, dia 22/03, na Chácara do Jóckey. Radiohead dividirá o palco com a banda alemã Kraftwerk, e também com os brasileiros Los Hermanos. Os 30 mil ingressos para a capital paulista já se esgotaram. A banda entrará no palco à partir das 22hs.

Ouça um som da banda Radiohead em vídeo nesse link abaixo:

sábado, 21 de março de 2009

Stallone e Schwarzenegger juntos?


Começam os preparativos para as filmagens do longa "Mercenários", de Sylvester Stallone, que fará parte da direção e do elenco. O filme será rodado no Brasil. E há rumores que Arnold Schwarzenegger também estará no elenco, mas ainda não está confirmado. Será? Seria uma maravilha ver os dois juntos hein?!
A equipe nacional do filme aqui no Brasil já iniciou a montagem de um dos sets em uma cidade do Rio de Janeiro. O longa está em fase de pré-produção. E ainda no elenco estará a atriz de TV Charisma Carpenter, Stone Cold("O Lutador"), e a atriz brasileira Giselle Itié.
O filme está com estréia prevista para 23 de abril de 2010. E resta saber até lá, se Schwarzenegger, o atual governador da Califórnia, estará mesmo nessa produção.


sexta-feira, 20 de março de 2009

Morre a atriz Natasha Richardson


O teatro e o cinema perdeu mais uma celebridade na última quarta-feira, dia 18, a atriz britânica Natasha Richardson. A causa da morte foi devido a uma lesão cerebral ocorrida após um acidente quando esquiava no Canadá. Richardson estava com seus 45 anos, e praticamente nasceu dentro do cinema, pois pertencia à uma família de artistas britânicos, os "Redgrave". Ela era filha do cineasta Tony Richardson e da atriz Vanessa Redgrave; sobrinha de Lynn Redgrave e Corin Redgrave; irmã da atriz Joely Richardson; e também era casada com o ator Liam Neeson.
Alguns filmes em que a atriz trabalhou foram: O Início do Fim, Uma Estranha Passagem em Veneza, Sombras na Noite, Nell, As Viúvas Alegres, Operação Cupido, Seu Marido e Minha Mulher, Paixão sem Limites, Ao Entardecer, entre outros.
A atriz foi velada nessa sexta-feira , dia 20, em Nova York, onde amigos e familiares estiveram presentes, e lhe prestaram uma homenagem.

Jennifer Aniston poderá ser a nova Bond Girl


A atriz Jennifer Aniston ("Separados pelo Casamento"), está fazendo testes para interpretar a próxima Bond Girl, da série 007. O que tudo indica é que a bela recebeu o convite e se interessou muito pelo papel.
Parece que Aniston está querendo variar mais seus papéis no Cinema, já que sempre lhe oferecem personagens engraçados e românticos. E desejando fazer um filme diferente, cogitou de estar em um filme de ação, e porque não ser uma Bond Girl?!.
O próximo 007 será protagonizado novamente por Daniel Craig ("Confidencial") no papel de James Bond, e as filmagens devem começar em 2010.

quinta-feira, 19 de março de 2009

Adeus a Clodovil Hernandez

Morreu nesta terça-feira, dia 17/03, um dos mais renomados estilistas brasileiros, e atual deputado federal, Clodovil Hernandez.
O deputado foi vítima de um acidente vascular cerebral hemorrágico, e estava internado desde segunda-feira, dia 16, no Hospital Santa Lúcia.
Clodovil deixará saudades e ficará na lembrança de todos. Ele era uma figura ímpar e polêmica, e foi assim que ele se notabilizou na mídia.
Coloco então uma matéria que fiz em um evento que o Clodovil participou em 2006, na Universidade que eu cursava jornalismo. E me lembro muito bem que ele chegou todo elegante, e com aquele jeito finíssimo de ser. Um grande artista bem honesto que sempre quis deixar bem claro que amava o seu povo.

Matéria de Arquivo:

Presença do ilustre Clodovil Hernandez estréia a Semana da Comunicação

A Semana da Comunicação estreou com a elegância, o glamour e a polêmica do ilustre Clodovil Hernandes no último dia 2. Sua chegada foi movida por aplausos e o prestígio da platéia em poder estar de cara com a “fera”.

Em um bate-papo descontraído e envolvente, o estilista contou sobre sua trajetória no mundo da moda, o seu modo de viver, suas crenças, o seu pensamento sobre a atualidade, política, entretenimento, carreira, teatro, TV e o melhor, tudo com uma pitada de humor para animar o público que o recebeu com muito carinho.

Aos 70 anos, Clodovil sempre foi um ícone falastrão ao longo de sua carreira. “Muitas pessoas me vêem mal. Têm raiva de mim, porque sou polivalente. Sei fazer de tudo, como cantar, atuar, enfim, sei um pouco de cada profissão”.

Sempre com suas risadas marcantes que descrevem bem a sua personalidade artística de bem-falar, o renomado profissional de moda comentou que cresceu aprendendo a ser importante. Ele sempre soube que queria trabalhar com a moda. “Meu pai não queria de maneira alguma que eu fosse um estilista. Na minha época, moda era coisa de viado. Mas, temos que acreditar naquilo que a gente sabe e naquilo que a gente é”, disse.

“Viver é um ato político”, “Eu não escolhi ser homossexual, acho que ninguém escolhe o que é”, “O ser humano precisa apanhar para aprender”, “Hoje o teatro acabou, é como se não existisse mais”, “Quem for produtor de TV, tenha humildade”, “O Brasil não sabe o que é talento”, enfim, estas e outras frases marcaram o depoimento do estilista no evento.

Com esclarecimentos e dicas para os futuros profissionais de moda, o estilista comentou que a moda hoje é a terceira coluna econômica do mundo. “Na moda, não é só saber cortar, mas é preciso ter conceito de mercado. Devem estudar, saber de toda a história dela. Na minha época, estudar moda não existia e hoje, temos a faculdade que é um presente para nós”.

No decorrer da palestra, Clodovil falou também sobre a sua candidatura a deputado federal. A idéia partiu quando ele teve o câncer de próstata.

Para o polêmico, não é a sigla política que faz o poder, e sim o ser humano que vamos eleger. “Vou ter que aprender a ser deputado. Temos que nos dedicar para que o Brasil tenha instrução. Hoje o mundo acaba refletindo o que é bom e o que é ruim”. E para concluir o assunto político, ele deixou bem claro: “Brasília nunca mais será a mesma”.

Espero que tenham gostado da homenagem a Clodovil Hernandez...E não deixem de comentar...


Famosos Aniversariantes de Março

Bruce Willis escolhido aniversariante do mês de Março

01 - Javier Bardem e Ron Howard
02 - Bryce Dallas Howard, Daniel Craig e Jon Bon Jovi
03 - Jessica Biel e Miranda Richardson
04 - Adrian Lyne
05 - Eva Mendes
07 - Peter Sarsgaard e Rachel Weisz
08 - Freddie Prinze Jr. e Letícia Sabatella
09 - Juliette Binoche
10 - Sharon Stone
11 - Terrence Howard
12 - Aaron Eckhart, Emílio Estevez e Liza Minnelli
13 - Emile Hirsch e William H. Macy
14 - Billy Crystal e Michael Caine
15 - Eva Longoria, Gary Sinise e Renny Harlin
16 - Bernardo Bertolucci, Bruno Barreto e Sienna Guillory
17 - Kurt Russell e Rob Lowe
18 - Julia Lemmertz e Queen Latifah
19 - Bruce Willis e Glenn Close
20 - Holly Hunter, Spike Lee e William Hurt
21 - Gary Oldman e Matthew Broderick
22 - Lena Olin, Reese Witherspoon e Vladimir Brichta
23 - Hope Davis, Keri Russell e Michelle Monaghan
25 - Keira Knightley e Sarah Jessica Parker
26 - Catherine Keener, James Caan e Martin Short
27 - Quentin Tarantino e Xuxa Meneghel
28 - Dianne Wiest, Julia Stiles e Vince Vaughn
29 - Brendan Gleeson
30 - Norah Jones e Robbie Coltrane
31 - Christopher Walken e Ewan McGregor

Parabéns e Feliz Aniversário!




segunda-feira, 16 de março de 2009

Homenagem à Heath Ledger


Esse ano o Oscar foi emocionante. Ainda mais com a premiação do ícone Heath Ledger vencendo o prêmio póstumo de melhor ator coadjuvante por seu ótimo desempenho no filme "Batman - O Cavaleiro das Trevas". Um momento muito raro na história do Oscar. E parece que a Academia não gosta de conceder prêmios póstumos. Portanto Ledger merecidamente ganhou o prêmio tão esperado da noite, e foi aplaudido de pé por todos que estavam ali presentes. Fato como esse aconteceu apenas uma vez com Peter Finch, em 77, que ganhou o prêmio de melhor ator por "Rede de Intrigas".
Heath já havia sido indicado ao prêmio de melhor ator em 2006 por seu trabalho em "O Segredo de Brokeback Mountain", do diretor Ang Lee, mas perdeu para Philip Seymour Hoffman, que concorria por "Capote".
O ator veio a falecer repentinamente em janeiro de 2008 aos 29 anos, e hoje o cinema e todos que acompanhavam a carreira do astro sentem sua falta. Ledger deixou sua marca, e era um ator que tinha tudo para ser o grande astro, e seu papel como Coringa tornou-se revolucionário em sua carreira.
Confira o vídeo em que a família de Heath Ledger recebe o prêmio em seu nome, no Oscar, que foi realizado em 26 de fevereiro de 2009. Saudades de Heath!






X-Men Origens: Wolverine

O longa conta a origem de Wolverine (Hugh Jackman), desde sua infância, até os dias atuais (passando inclusive pela segunda guerra) e mostra a sua relação explosiva com o seu arqui-inimigo Dentes de Sabre (Liev Schreiber).

X-Men Origens: Wolverine estréia no Brasil no dia 30 de abril. A direção é de Gavin Hood e com Hugh Jackman, Liev Schreiber, Ryan Reynolds, Danny Huston, Dominic Monaghan, Daniel Henney e Lynn Collins no elenco.

http://www.traileraddict.com/trailer/xmen-origins-wolverine/feature-trailer

"Inverno", de Adriana Calcanhoto


Adoro a voz suave e o romantismo das músicas dessa cantora gaúcha...

"Inverno"
No dia em que fui mais feliz
Eu vi um avião
Se espelhar no seu olhar até sumir
De lá pra cá não sei
Caminho ao longo do canal
Faço longas cartas pra ninguém
E o inverno no Leblon é quase glacial
Há algo que jamais se esclareceu
Onde foi exatamente que larguei
Naquele dia mesmo
O leão que sempre cavalguei
Lá mesmo esqueci que o destino
Sempre me quis só
no deserto sem saudade, sem remorso só
Sem amarras, barco embriagado ao mar
Não sei o que em mim
Só quer me lembrar
Que um dia o céu
reuniu-se à terra um instante por nós dois
pouco antes do ocidente se assombrar.

Thelma & Louise



O filme da minha vida. O meu preferido...

Esse filme foi um marco na carreira da Geena Davis,e junto com a Susan Sarandon, formaram uma dupla brilhante. Elas são ótimas. Já assisti muitas vezes o filme, e sempre me emociono e torço por elas. Sem contar que a trilha sonora é de arrepiar e dá ao filme um contexto excepcional. O filme, o elenco, o cenário e a trilha sonora são magníficos. Nota 10
Ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Original, além de ter recebido outras 5 indicações: Melhor Diretor, Melhor Atriz (Geena Davis e Susan Sarandon), Melhor Montagem e Melhor Fotografia.
Além de Susan Sarandon e Geena Davis, no elenco ainda estão Harvey Keitel, Michael Madsen, Christopher MacDonald, Stephen Tobolowsky, Brad Pitt, Timothy Carhart, Lucinda Jenney e Jason Beghe

Sinopse:
Cansadas da vida monótona que levam, duas amigas, uma garçonete quarentona (Susan Sarandon) e uma jovem dona-de-casa (Geena Davis) resolvem deixar tudo para trás num fim de semana. Mas no caminho se envolvem em encrencas e acabam sendo perseguidas pela polícia.





Um pouquinho de Madonna


Letra da música "Forbidden Love"...Amooooooooo

Just one kiss on my lips Was all it took to seal the future Just one look from your eyes Was like a certain kind of torture Once upon a time There was a boy and there was a girl Just one touch from your hands Was all that took to make me fall turn Forbidden love Are we supposed to be together? Forbidden love Forbidden love Forbidden love We sealed our destiny forever Forbidden love Forbidden love Just one smile on your face Was all it took to change my fortune Just one word from your mouth Was all I needed to be certain Once upon a time There was a boy and there was a girl Hearts that intertwine They lived in a different kind or world Forbidden love Are we supposed to be together? Forbidden love Forbidden love Forbidden love We sealed our destiny forever Forbidden love Forbidden love Just one kiss Just one touch Just one look Forbidden love are we supposed to be together? Forbidden love Forbidden love Forbidden love We sealed our destiny forever Forbidden love Forbidden love Forbidden love are we supposed to be together? Forbidden love Forbidden love Forbidden love We sealed our destiny forever Forbidden love Forbidden love Just one kiss (five) Just one touch (four) Just one look (three) Just one word (two) One